Yves Saint-Laurent, o filme: cinco ótimos motivos para assistir

ysl_1

 

Em cena Pierre Niney, como Yves Saint-Laurent (Foto: Divulgação)

Se você ainda tinha alguma dúvida se deveria ir ou não ao cinema pra conferir essa cinebiografia, a gente te ajuda a tomar a melhor decisão a seguir:

Os motivos para você correr ao cinema mais próximo e assistir à cinebiografia Yves Saint-Laurent, dirigida por Jalil Lespert, são muitos. A estreia no Brasil aconteceu este mês e nós pra você garantir seu ingresso agora mesmo.

1) A atuação de Pierre Niney, como Yves Saint-Laurent
Ela é simplesmente impecável e tocante! O próprio Pierre Bergé – companheiro no amor e na moda de YSL – chorou quando o viu encarnando o papel pela primeira vez. A maneira como ele interpreta o estilista é digna de comoção, mesmo, e a personalidade de Yves, complexa e difícil, cresce ainda mais nas câmeras. E não, nenhum traço de sua personalidade foi omitido. Os problemas psicológicos, com as drogas e o álcool estão todos lá.

2) Superdidático e completo
Ou seja, mesmo que você não conheça muito do estilista, vai sair da sala de cinema com uma generosa ideia de quem ele foi, tudo o que fez e do quanto ele foi importante para a moda.

3) Os figurinos, claro!
O filme acompanha a carreira de Saint-Laurent desde 1958, quando ele, então um jovenzinho, trabalhava com Monsieur Dior. A gente acompanha as criações dele desde aquela época, passando pelo começo da sua própria marca e o boom de seus designs mais marcantes, como o vestido Mondrian e o Smoking.

4) O relacionamento entre Yves Saint-Laurent e Pierre Bergé
Emocionante, sensível e chocante. Os 30 anos que passaram juntos é de pura emoção. A parceria e o amor que havia ali renderia um filme só deles. Ah, quer dizer, já tem! O Louco Amor de Yves Saint-Laurent foca justamente nisso.

5) As musas de Yves Saint-Laurent nas diferentes fases de sua vida
Victoire Doutreleau, no início da carreira, ainda quando ele trabalhava na Dior e que depois ajudou na criação da Maison YSL; Betty Catroux  e suas longas madeixas loiras e visual andrógino e supersexy e Lulu de La Falaise com sua personalidade exuberante, vestidos esvoaçantes e cores vibrantes.

Fonte: GLAMOUR

MOOD ARTSY INVADE AS PASSARELAS (E O GUARDA-ROUPA) DAS ESTILOSAS

opening-ceremony

Opening Ceremony


“Antes a moda estava na moda. Hoje, é a arte que está na moda”. A citação de Oskar Metsavaht durante a apresentação do verão 2015 da Osklen, durante o São Paulo Fashion Week, é mais verdadeira do que nunca. Basta olhar para a própria passarela e encontrar 
referências artsy nas coleções das labels mais hypadas do mundo. Dos grafismos da Chanel (que já tinha apresentado a tendência no desfile de verão 2014) ao surrealismo de Renée Magritte nas peças recém-lançadas pela Opening Ceremony, da inspiração de Paul Gauguin nas criações by Maison Martin Margiela às estampas abstratas nos tradicionais trench coats Burberry, a arte se faz cada vez mais presente na moda e promete invadir o guarda-roupa das fashionistas nas próximas estações.

chanel-1Chanel

margielaMaison Martin Margiela
valentino
Valentino

Fonte: ELLE

Um toque de cor

Já falamos aqui sobre os looks monocromáticos e minimalistas em cores básicas.

As composições todas em branco, preto e cinza estão em alta, mas que tal usar um acessório mais detalhado e com uma cor forte para contrastar e equilibrar o look?

Montamos algumas sugestões de looks super modernos e minimalistas com um brinco laranja Bianca Bertoni inspirado no estilo artdeco e nos anos 20.

 

bianca

 

 

Imagem: reprodução

As mochilas “must have” da estação

Mochilas Chanel, preço sob consulta; Saint Laurent, US$ 850 (Foto: Divulgação)

 

Até outro dia, a mochila era sempre relacionada à atividades esportivas e colégio – afinal, o modelo permite carregar com facilidade a toalha, a troca de roupa, squeeze entre outros itens essenciais para praticar exercícios, além dos livros escolares. Mas isso foi ontem. Hoje, o modelo ganhou passe livre na moda até para ser usado no lugar da bolsinha de mão.

No entanto, é preciso acertar na escolha da bolsa. Dê preferência para as versões com shape original, como as recém-lançadas por 3.1. Phillip Lim e Reece Hudson ou, ou nas com acabamento divertido, como o modelo must da Chanel e a versão de onça na Saint Laurent – dois hit pelas ruas do hemisfério norte. Nesta página, reunimos algumas boas compras à venda em lojas e e-commerce para te ajudar a conquistar o visual esporte chique incontornável da estação.

Fonte: Vogue

Luxo Simples – Dourado com Nude

Uma das maiores tendência vistas nos looks de rua das semanas de moda é o luxo simples, minimalista, sem ostentação e sem ser “over”. A moda é ser simples e básico sem sair do luxo e sem deixar de ser elegante. E uma das combinações de cores que mais traduz esse conceito é a nude com dourado, por isso montamos um look pra mostrar  que o luxo pode ser simples!

nude com dourado

 

 

Imagem: reprodução

Tendência NYFW – Pelúcia

A New York Fashion Week, uma das mais importantes semanas de moda do mundo, aconteceu no começo do mês e todos as câmeras se voltaram, não só para a passarela, mas também para os looks de ruas das fashionistas que foram assistir aos desfiles. Eles tem a mesma ou até maior importância, no momento, que os desfiles das grandes marcas.

Uma das tendências que mais chamaram a atenção e mais marcaram presença nos looks foi a pelúcia. Não pele…pelúcia! Ela apareceu em bolsas de mão e maxi casacos, e normalmente em rosa chiclete e azul mais puxado para o bebê.

Se prepare para ver na próxima estação a pelúcia nas vitrines de loja fora e dentro do Brasil.

pelucia

Imagem: reprodução